Agenda CulturalCarnavalSalvador - BA

AFROPUNK estreia no carnaval de Salvador em parceria com BaianaSystem

202views

AFROPUNK estreia no carnaval de Salvador em parceria com BaianaSystem

Uma das principais plataformas de cultura negra no mundo, AFROPUNK desembarca na festa dias 22 e 23, no circuito Barra-Ondina, ao lado de nomes como Mano Brown e Afrocidade

 

Música, moda, ativismo, empoderamento pela estética, liberdade de existência, resistência, igualdade global. Considerado o maior festival de cultura negra do mundo, o AFROPUNK estreia no carnaval de Salvador numa parceria com BaianaSystem e trazendo para a festa, pela primeira vez, o rapper paulista Mano Brown. A bordo do Navio Pirata – o emblemático trio do Baiana -, dias 22 e 23 (sábado e domingo), no circuito Barra-Ondina, sem cordas e com o tema “Carnaval da Consciência”.

No sábado, o Navio Pirata sai às 22h15 sob o comando de outro estreante em trios elétricos: o grupo baiano Afrocidade. Natural de Camaçari e reconhecida como uma das mais potentes novidades musicais da Bahia, a banda faz uma fusão entre a poesia de resistência do povo negro, ritmos populares baianos, como arrocha e pagode, e sons universais do dub, reggae e afrobeat.

E é o Afrocidade que dá as boas vindas a Mano Brow e com direito às companhias luxuosas de Russo Passapusso e Roberto Barreto, do BaianaSystem. “Pela primeira vez, iremos puxar um trio no carnaval de Salvador. Ter a oportunidade de dar continuidade a esse trabalho e evidenciar a música percussiva afro-baiana dentro carnaval, numa ação coletiva com o AFROPUNK, é muito potente e gratificante para gente”, afirmou o vocalista do grupo, José Macedo.

O trio ainda recebe as participações de Mc Cronista do Morro e do cantor do bloco afro Muzenza, Zeô – ainda no sábado. Já no domingo, quem comanda o Navio Pirata é a própria BaianaSystem, com as participações de BNegão, Vandal e Iracema Killiane, vocalista do “mais belo dos belos”, Ilê Aiyê.  Saída às 23h.

Aquecimento para o AFROPUNK Bahia

A chegada do AFROPUNK no carnaval baiano tem o patrocínio do Governo do Estado, por meio da Bahiatursa, e marca o “aquecimento” para o Festival AFROPUNK Bahia: a primeira edição do festival em toda a América Latina – ele já acontece em Paris, Londres, Atlanta e Joanesburgo, além do Brooklyn, onde teve início, em 2005. A edição baiana será realizada em novembro, dias 28 e 29.

“Ano passado, estive pela primeira vez no Carnaval de Salvador e senti uma conexão tão forte que não podíamos deixar de estar presentes nesta manifestação tão importante da cultura afro-brasileira. A Bahia me impactou à primeira vista e estamos muito ansiosos para a edição do Festival AFROPUNK lá. Será um momento marcante na nossa história”, destacou o co-fundador do AFROPUNK e CEO do Festival, Matthew Morgan.

Celebração de diversas expressões negras da diáspora africana imersas em atitude e ativismo de resistência, o AFROPUNK se apresenta como um ethos punk fundamental para a libertação negra. A missão é construir comunidade, diálogo e consciência.  O movimento acolhe e conecta a comunidade de jovens afro das gerações Y e Z com criatividade, inovação e colaboração, combatendo a marginalização e exclusão por sistemas, estruturas e ideologias sociais de supremacia branca, patriarcado heteronormativo e colonização. Atualmente, o AFROPUNK conta com uma audiência semanal, em suas redes, de 46 milhões de pessoas.

Serviço:

Carnaval da Consciência – uma parceria AFROPUNK e BaianaSystem

Data: 22 e 23 de fevereiro (sábado e domingo)

Horário:

  • Sábado (22): 22h15
  • Domingo (23): 23h

Local: Circuito Dodô (Barra-Ondina)

Programação:

  • Sábado (22): Afrocidade convida: Mano Brown, Russo Passapusso e Roberto Barreto (BaianaSystem), Cronista do Morro e Zeô (Muzenza)
  • Domingo (23): BaianaSystem convida: BNegão, Vandal e Iracema Killiane (Ilê Aiyê)
Gostou do Conteúdo? Deixe seu Like


Deixe seu Comentário